Emicida – Trepadeira (Feat: Wilson das Neves)

“O Glorioso Retorno de Quem Nunca Esteve Aqui”

Gostou do que ouviu? Fortaleça a música independente compre aqui o disco:

http://www.laboratoriofantasma.com/loja/CDs-DVDs/Emicida

https://itunes.apple.com/br/album/o-glorioso-retorno-quem-nunca/id683438010

Inscreva-se no canal oficial do Emicida http://bit.ly/EmicidaYT

Escutar / Comprar
iTunes http://bit.ly/iTunesEmicida
Spotify http://bit.ly/SpotifyEmicida
Deezer http://bit.ly/DeezerEmicida
Rdio http://bit.ly/RdioEmicida

Curtir
Twitter https://twitter.com/Emicida
Facebook https://www.facebook.com/EmicidaOficial
Instagram http://instagram.com/emicida

Trepadeira (Emicida/Felipe Vassão)
BR-X6F-13-00027 – Laboratório Fantasma

Margarida era rosa, bela, cheirosa
Grampola, tipo casa das camélias, gostosa
Bromélia, toda prosa
A me enlouquecer, bela, tipo um ipê frondosa
É um lírio, causa delírios, mire-a
Vício é vigiar, chique como orquídeas
Cabelos como samambaia em xaxim, flor
Perto dela as outras são capim, pô
Girassol, violeta, beleza violenta
Passou aqui
Como se o mundo gritasse arrasa, bi!
Flor de laranjeira, primavera inteira são
Flores e mais flores, todas as cores da feira
Irmão, essa nega é trepadeira
Minha tulipa?
Fama dela na favela enquanto eu dava uma ripa
Tru, azeda o caruru
E os mano me falava que essa mina dava mais do que chuchu

Você era o cravo, ela era a rosa
E cá entre nós, gatinha
Quem não fica bravo, dando sol e água
E vendo brotar erva daninha
Chamei de banquete, era fim de feira
Estendi tapete, mas ela é rueira
Dei todo amor, tratei como flor
Mas no fim era uma trepadeira

Bem me quer, mal me quer, ó
Nosso amor perfeito amargou tipo um jiló
Maria sem vergonha
Eu burro chamei de trevo de quatro folhas
O love enraizou, fundo
mas você não dá, ou melhor dá, mas pra todo mundo
Quis te ver num jasmim firmeza, altar preza
Branquinho, olha, magnólia, beleza
Vitória-régia, brincos de princesa
Azaleia pura, Madre Tereza
Mas não, cê me quis, salgueiro chorão
Costela de Adão, raspou o cabelo de Sansão
Tu vem, meu coração parte
e grita assim, arrasa biscate
Merece era uma surra de espada-de-são-jorge
um chá de comigo-ninguém-pode

Você era o cravo, ela era a rosa
E cá entre nós, gatinha
Quem não fica bravo, dando sol e água
E vendo brotar erva daninha
Chamei de banquete, era fim de feira
Estendi tapete, mas ela é rueira
Dei todo amor, tratei como flor
Mas no fim era uma trepadeira

Ficha técnica
Voz: Emicida
Participação especial: Wilson das Neves
Percussão: Carlos Café e Julio Cesar
Guitarra, programação e arranjo de metais: Felipe Vassão
Scratches: DJ Nyack
Flauta e sax alto: Fernando Bastos
Trompete: Gustavo Souza
Trombone: Edy do Trombone
Sax barítono e tenor: Marcelo Pereira
Rhodes e piano: Marcos Xuxa Levy
Cavaquinho e violão: Rafa Kabelo
Baixo: Samuel Bueno
Bateria: Wilson das Neves
Gravado no Parede e Meia por Bruno dos Reis

source

(Visited 2 times, 1 visits today)
Medical CBD Oil! More than 50% off sale today!

Hemp Oil Bought By Athletes

You might be interested in

WHERE ARE YOU GOING?

Comment (30)

  1. assistam ao clipe todo, a música é uma crítica ao posicionamento do homem branco quanto a mulher negra, esta nas entre linhas e é perceptível no final do vídeo com o poema

Comments are closed.

CBD Oil Sale Today! Get your CBD Oil at 66% off!